terça-feira, 18 de novembro de 2008

Reflexões sobre romantismo.

Dizem por aí que o romantismo só atrapalha, que ser romântico é ser bobo. Não acho. Existem pontos ruins em ser romântico sim. A pessoa romântica se entrega mais, isso, quando não correspondida, faz com que ela sofra mais. Mas, particularmente, não acho que esse seja um ponto negativo do romantismo. A pessoa que se entrega mais sente mais, mesmo que seja uma simples ficada, um rolo de uma noite ou uma semana, não importa, ela vai curtir bem mais, vai ser muito mais intenso.
 E a questão do sofrimento? Bem, o romântico sofre mais, isso é fato sim. Ele sente, ele eterniza cada momento, ele sonha com o que aconteceu, com o que acontecerá, ele aparenta ser uma pessoa mais frágil. Aparenta, não é.
 Ser bobo é muito diferente de ser romântico. O romântico vai se entregar com mais facilidade sim e, justamente por isso, vai sofrer mais também, o que vai torná-lo mais calejado e mais cuidadoso na próxima relação. 
A conquista de uma pessoa sonhadora pode parecer fácil aos olhos dos “caçadores de corações”. Pode parecer. Por que afirmo que não é? Simples, se o romântico gosta de sentir que é importante, ele gosta de demonstrar pro parceiro que este também é importante, motivo pelo qual ele pode acabar fingindo uma entrega que na verdade é irreal. 
Em suma, não se pode afirmar que ser romântico é melhor ou pior que não o ser. Como tudo na vida tem pontos bons e ruins, você não pode falar como uma informação incontestável, mas nada impede de dar sua opinião.
Eu, como romântica assumida, acho que o romantismo é um dom, o romântico é um privilegiado. Ele vai sentir com maior intensidade tudo que está a sua volta, portanto, ao mesmo tempo em que vai sentir mais uma dor, vai sentir mais uma alegria também. A grosso modo, pode-se dizer que o romântico será uma pessoa de extremos, vai sofrer mais mas também vai ser mais feliz.
A vida é uma só, eternize cada momento, poderá não ser o mais feliz, mas com certeza não vai passar em branco. Pelo menos com uma grande lição você sairá. Não entre em uma relação pensando em “ir com calma pra não sofrer depois”, viva cada momento. Lógico que você não vai sair por ai se entregando a qualquer pessoa, seu coração saberá onde está se metendo. Só não segure suas vontades... Eternize o “Carpe Diem” aprendido nos bancos escolares... o momento é um só, tire dele tudo de bom que você pode conseguir. Apaixone-se, o apaixonado faz tudo com mais prazer. Não a paixão apenas na relação homem/mulher, apaixone-se pela vida, pelo seu trabalho, pelos seu hobby, pelos seus momentos de inutilidade. 
Seja uma pessoa apaixonada por você e viverá mais feliz. Seja romântico, se não nos relacionamentos, pelo menos com você mesmo. Ninguém merece mais o seu carinho que você mesmo!

4 comentários:

João Paulo disse...

Olha!!
eu sou a pessoa mais indicada para falar de romantismo e peessoaas bobas,ops digo, romanticas!
mais o mais simplis ,veridico e apropriado comentario é
ROMANTICO SO SE FODE!!!

T@u! disse...

nao concordo JP... meu texto é baseado exatamente nesta sua declaração.. ao mesmo passo q romantico se fode, ele vive mais intensamente, entao pode ter certeza q a parte boa do relacionamento, ele aproveita mais!

Nachali disse...

Seguinte
Ser romantico é o máximo! Ama, sofre, sonha, ri, chora, com uma intensidade que beira a poesia..
Então VIVA!!!!!

Amo Romanticos!

Eduardo Moska disse...

"Não sei porque... insisto tanto em te querer... E vc sempre tem de mim que bem querrrrr!" hahaha

Brincadeira

Ser romântico é respirar a vida!

Beijoooooo meninas!